12 de set de 2014

Poesia - Amor



Sentimento complexo, um mistério
Brota, germina, frutifica ou fenece
Traduz um aspecto da afetividade
Pois na  Alma não fica confinado
Fascinante, raízes fortes e profundas
Possíveis ou não, depende da sentença
Permeado de sofrimento e melancolia
É a ponte entre sorrisos e lágrimas
Amor é desprovido de paixões efêmeras
Não é a fome insaciável dos desejos
Ultrapassa a barreira do preconceito
Um bem querer alicerçado na constância
Um  enigma, um  feitiço dos sentidos
É a necessidade premente do EU
Consubstanciar o sentimento em TU
E vivenciarmos a essência em NÓS.