3 de out de 2014

Poesia - A Primavera



Primavera, prenúncio do renascer
Vida, energia, alegrias, sentimentos
Os ares mensageiros dos quadrantes
As andorinhas em bando na revoada
É um tempo de buscas e realizações
Encontros, violinos e canções

Ninfas que flutuam sobre águas
Flores e aromas que inebriam
A metamorfose permeia a natureza
Reveste de folhagens galhos nus
Meninas com buquês de rosa e tomilho
Caminham pelas veredas das quimeras

Os idílios florescem a cada amanhecer
Alimentam as horas diurnas com cores
Até que o luar de prata se faça presente
Ilumine  com múltiplos tons de verde
Os sonhos de cada habitante da terra

Para agraciar sua primavera individual.

Reflexão - Chuva miúda