13 de fev de 2015

Poesia - Amanhecer




Da noite escura só lembranças
Sonhos despedem-se na aurora
Habitam sombras da madrugada
O amanhecer desperta sonolento
O orvalho beija flores silvestres
A suave brisa brinca com folhas
Libélulas esvoaçam graciosas
Rei Sol espalha seus cálidos raios
Reina com soberania e elegância
Imagens dos passageiros do tempo
Transeuntes que passam nas ruas
Multidões de várias raças e credos
Absortos em seus pensamentos
Caminham em busca da esperança.