13 de mar de 2015

Poesia - A Lua e o mar



Eis o mar,
Vertente de energia e poder
Misterioso, pragmático, indomável
Onde as vagas se agitam
Na melodia do soprar do vento
E, com rugido ensurdecedor
Explodem majestosas na areia
Eis a Lua,
Dama da Noite, ousada e sensual
Cobre o mar com um manto prateado
Para esconder o idílio envolvente
Suavemente, em silêncio profundo
Seus raios possuem o mar
Em êxtase mágico e profano
Até o Sol despontar.