21 de mai de 2015

Poesia - Solitude



Lembranças,
História de vida
Saudades,
Do tudo ou do nada
Memória,
Compartimentos fechados
Tempo,
Suspiros do silêncio
Sentimento,
Náufrago entorpecido
O dia,
Hábitos cotidianos
A noite,
Sonhos e pesadelos
Opções,
Só entre tantos ou,

Solitude em si.

15 de mai de 2015

Poesia - Eos, Aurora



Divindade Aurora, infinitamente bela
Com seus cabelos soltos e esvoaçantes
Com leveza e agilidade em sua efemeridade
Rompe o dia envolto em luminescência
Em sua biga, cor púrpura pelo infinito
Portadora de brisas matinais ou fortes ventos
Nos quadrantes, Eurus, Nótus, Bóreas e Zéfiro
Esparge fragrâncias de flores que despertam
Mostra aos olhos da face, a beleza do dia
Aos olhos da alma, o aprendizado do Karma
Com a natureza em movimento sempiterno
Em transmutação, a harmonia e equilíbrio
Eos agracia os mortais, com este fugaz instante. 

Poesia - Se você...



Chegar tarde poderá encontrar
O fenecer de sentimentos
A face coberta por mágoas
Apenas um baú de lembranças
Atado de papéis amarelados
Lágrimas cristalizadas de dor
Cinzas como identificação
Depositada em urna de ferro
Com inscrição em letras grafadas

“Em vão esperei por tua sombra”.

11 de mai de 2015

Poesia - Semente



Letras que se espreguiçam
Ao serem desenhadas pela pena
Nas amareladas folhas 
De pergaminhos na existência
Palavras instáveis escritas
Fragmentos do âmago da Alma
Transformados em emoções
Vertentes de ilusões incontáveis
Dorso nu, lanhado, tatuado
Entranhas como mármore
Mente, labirinto de sensações
Febril energia que assola a carne
Sementes de desejos cerceados
Brota nos áridos sentimentos
Onde quimeras se materializam
Minúscula esperança de vida.


6 de mai de 2015

Nota de Falecimento



Às vezes, os guardiões dos portões do céu distraem-se, com notas musicais angelicais e anjos travessos fogem e rumam à Terra. Assim, dia 3 de abril de 1926 um anjo bateu asas e aqui chegou ao seio de humilde família e foi batizado como, Conceição Cardoso. Ela cresceu, estudou, trabalhou, casou e formou família com filhos, netos e bisnetos. Hoje, 06/05/2015 atendeu, o chamado dos guardiões que abriram os portões para seu regresso. Este anjo cumpriu uma árdua missão, mas sua energia ficará na lembrança de todos que com ela conviveram e, àqueles que a amaram por laços de sangue ou de amizade plantarão, na memória,  a flor da saudade. Que tua caminhada seja iluminada minha mãe.