12 de fev de 2016

Poesia - Cores da Alma



Cores da Alma

Uma paisagem de sucessivas vidas
Receptáculo de cores iridescente
Que oscila entre tons coloridos
Em cada desejo, matizes se evidenciam
Em cada pensamento uma nuance
Pois só ela se mascara e se descobre
Entre conflitos e emoções discordantes
Entre  inconsciência e  discernimento
Um arco-íris que ilumina sentimentos
Entre disfarces de mistério e fantasia.