11 de jun de 2016

O Amor

Um poder sem limites que anima seres vivos, uma energia que rege o universo, pois atrai pessoas para uma vida a dois. O amor verdadeiro passa por diversos planos e se aperfeiçoa. Inicia no plano físico onde a atração une opostos ou iguais e funde-se na carne, despertando o desejo sexual que poderá durar enquanto houver  apenas desejo ou, os envolvidos descobrem outras afinidades e o relacionamento dura enquanto houver afeição. Aos poucos os interesses são somados e se tornam uma meta única e o tempo da união prossegue, enquanto  existir equilíbrio entre o plano físico e o espiritual e, após ajustamentos, seu tempo de duração costuma ser até que a “morte os separe” ou, enquanto a relação não se transforme em rotina e as pessoas concluam que, não era amor, apenas um companheirismo e acomodação.

Existe o amor verdadeiro? Muito raro, só ocorre quando “CADA POLO O TEM EM SI”.