28 de set de 2016

Travessia


Entre o ir e vir no tempo
Trajetos visíveis ou obscuros
Apenas a lua com pálidos reflexos

Ilumina a travessia do caminho

Entre passado, presente e futuro

O corpo se curva em débeis suspiros
Para extirpar pesadelos da mente
E sepultar esperanças e sonhos.